Um CU desde criança

16:20

Hey... Por que é sempre tão difícil começar um texto? Não que isso daqui seja um texto mesmo, eu só queria me apresentar para vocês. Eu não me chamo Vlad, mas é assim que irão me conhecer, não sou muito fã do meu nome, não que ele seja daqueles esquisitos de mistura de inglês com um pseudo português, tipo Letisgou, sim, existe alguém nesse mundão de meu Deus que se chama assim... Mas enfim, sou o Vlad. 


Claramente que sou um CU, descobri isso aos meus seis anos quando fiz a minha primeira crítica decente, e o melhor de tudo que foi a mim mesmo. Ficava indignado com a minha pessoa quando via meu pai se barbeado e não se cortava, e na minha grande (sempre tive um cabeção) e jovem cabeça, eu deveria saber fazer aquilo, poderia ser útil alguma hora e além do mais, era demais imaginar que eu iria passar uma lâmina na minha pele e não cortar.

Para quem tem curiosidade de como foi a primeira crítica, ela foi assim (claramente que a primeira a gente nunca esquece):

- Vlad, você tem que conseguir, se seu pai que como jiló consegue. 


 Sim, tenho mania de falar do Vlad... De mim na terceira pessoa.

Resultado de tudo, em um belo dia em não tinha ninguém em casa peguei o barbeador e passei na ponta de dedo, imaginam o que eu disse na hora né.

- Realmente Vlad, você não consegue mesmo.

E lavei o dedo na pia. Aquela água avermelhada me fez pensar e concluí que deveria ser mais crítico a minha pessoa e principalmente aos outros, claro! Se meu pai tivesse me ensinado desde cedo como se barbear eu não teria me cortado, não teria me tornado um CU (bom, isso é uma coisa boa, mas não vem a caso) e não sofreria aos dezenove anos para fazer a minha micro-pequena-bigode/barba/buço.

Não estou querendo colocar a culpa em alguém por ser assim, muita gente é um CU, apenas não descobriram. Muitas pessoas tem que sair da mala (tenho todo direito de falar mala porque até hoje não entendi aquilo de ármario... Tem a ver com o Mário?).

Outra hora volto aqui para contar mais coisas. Só quero avisar para que não me chamem do contra, o pessoal tem mania de falar isso, eu não sou do contra, só não concordo com o que você disse, diz e irá dizer e não adianta bater o pé e tentar falar mais que eu, uma coisa que desenvolvi todos esses anos foi a minha língua (modo pervertido off please) e consigo ficar sem respirar por três minutos só falando, e já fiquei um dia inteiro repetindo a palavra "porque", só não me lembro mais o porque. 

Uma pergunta, qual a coisa que te deixa mais CU da vida e você precisa criticar? Lembrando que criticar não é falar APENAS mau e pelamordeDeus entrem na brincadeira.



You Might Also Like

3 Críticas

  1. Soh queria te lembrar que vc precisa fazer a barba e depilar o peito ok! kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  2. Ai, não acredito que vc falou isso

    Hahahahahhahahahahha!

    oKAY, agora que vc me lembrou irei fazer.

    ResponderExcluir
  3. vc e loco kkkkkkkkkkkkkkkkk te amo

    ResponderExcluir