Haunting Ground

19:14

Olha o Hewie ali ^^
Haunting Ground (Demento no Japão) é um jogo do estilo survival horror, mas diferente da maioria não tem como inimigos monstros, zumbis ou capetas, aqui o terror é mais psicológico, tanto que as vezes se sente falta de alguma cara deformada.

Conta a história de Fiona Belli, uma jovem que acorda em um castelo desconhecido, em uma jaula, depois de sofrer um acidente de carro com seus pais. Vamos a uma analise mais interativa, depois de acordar na jaula, apenas com um lençol cobrindo o corpo (aquilo tem que ser seda), vê na nesse lugar um homem corcunda e estranho que mais se parece com um ogro, depois de sair de lá e conhecer Danielli, a empregada do castelo que não tem expressão e parece não sentir nada, consegue suas roupas medievais (legais até) e um tempo depois encontra Hewie, uma cão branco que irá te ajudar pelo resto do jogo e que sem ele será impossível avançar. Ele ataca os inimigos e te ajuda em puzzles, só que é preciso adquirir a confiança do animal no decorrer do jogo, com comida e carrinho.



Você é perseguido pelo o ogro, Debilitas, que acha que você é uma das bonecas dele, depois por Danielli, tem inveja da sua gostosura e depois de descobrir que não era tudo aquilo que acreditava (a doida achava que era um ser completo), depois por Riccardo, o clone do mau do seu pai (do capeta né!?) e mais tarde por Lorenzo, o velho tarado, que fica jovem com rennew e que continua a te querer e seu Azoth (essencial da vida). Fiona é uma mulher muito nervoso, quando entra em pânico sai que nem uma doida comendo chão, parede, literalmente perde o controle, e não faz nada a não ser chutar. Se não fosse o Hewie, Fiona já era.

Hewie me salve, eu cai e quebrei a unha.
Basicamente são quatro inimigos, quatro chefes e quatro personagens (fora Fiona é claro), e é possível se esconder deles em armários, debaixo de camas e sofás, tudo isso para fazer o pânico diminuir e não se pode se esconder várias vezes no mesmo lugar, ficam meio "manjados". A música, sons e tudo mais que compõe o ambiente de suspense estão nesse jogo, e o tudo se completa com o grito que da inicio a histeria de Fiona quando perde o controle, o joystick é praticamente o coração dele, se sente cada pulsar e quando na hora do desespero ela vai ao chão, fica paralisada.  Tudo gira em torno dela e o Azoth,  tendo como pano de fundo a alquimia, por isso e por minha pressa em terminar o jogo não entendi muito bem. Existem quatro final para o jogo, sendo um deles o ruim. Eu consegui o melhor. 

Se você não terminou o jogo ou ainda quer jogar não leia isso!

O que eu entendi foi que praticamente fizeram a Fiona nascer com o Azoth, já que o pai dela é um clone de Riccardo (que eu achei parecido com o Lorenzo, devem ser todos do mesmo lote) e como foi o mesmo que fez com que o acidente acontecesse para trazer Fiona para o castelo (que é de seus antepassados), só que eles não contavam com um cachorro fudido para ajudar a moça. Uma pergunta apenas, de quem era o Hewie, já que eles e sua coleira e tudo mais foram encontrados no castelo?
Vi críticas com relação a precisão que alguns puzzles precisam, a maioria deles é preciso da ajuda do cão, meio difíceis. Consegui alguns na cagada e matar o ultimo chefe também, acho que gastei toda a sorte da minha vida nesse jogo.


Abertura do game:



PS.: Eu que não gosto muito de cachorro queria ter um agora só para chamar de Hewie, fico imaginado como seria um jogo deste estilo com um gato como companheiro, não serviria de nada como "arma", mas os enigmas seriam bem mais complexos.

You Might Also Like

2 Críticas

  1. gentem... eu realmente não sirvo para jogos de video game, amo jogar, mas prefiro ficar assistindo os outros fazerem isso. Muita lógica ao mesmo tempo chega a me dar uma certa leseira cerebral hahahahahahahahah. Mas gostei do video, ta aí um jogo que não jogaria de noite...

    ResponderExcluir
  2. Ótimo jogo, muito bom mesmo.

    ResponderExcluir